Sentimos muito mas seu browser não é suportado pela Marsh.com

Para uma melhor experiência, por favor faça o upgrade para um dos seguintes browsers:

X

Seu Blog de Wellness

Até que Ponto Tem Evoluído os Planos de Benefícios para os Funcionários?

Por Carlos Andrés Rubio Maya Quinta-feira, Maio 10, 2018

Os líderes de talento humano, compensação e benefícios, bem-estar, qualidade de vida, entre outros, enfrentam questionamentos e desafios constantes a respeito dos planos de benefícios extraoficiais outorgados aos funcionários e, a forma como estes contribuem e influenciam os objetivos do negócio impactam na proposta de valor do funcionário e consolidam a definição de uma filosofia de compensação total outorgada ao funcionário.   

Devido a isto, torna-se indispensável definir ações, táticas e estratégias que permitam inovar, desenhar, consolidar estes planos de benefícios. Para tanto, será importante identificar o modo como evoluíram os planos de benefícios para os funcionários na América Latina e Caribe, entender o momento em que se encontra atualmente e determinar até onde quer se chegar a um médio e longo prazo.

Propomos a realização deste exercício baseado na tabela anexa. Este permitirá que identifique onde se encontra atualmente o plano de benefícios aos funcionários de sua empresa e até onde quer se chegar em um determinado prazo.  

Lembre-se: estes planos de benefícios são peça fundamental para impactar na retenção e atração dos funcionários, influindo nas conquistas de uma força laboral engajada, produtiva e focada nos resultados esperados pela organização.

                                                                                Antes                                         2018                                                    2025

Plano de benefícios impacta

“Compensação total”

“Proposta de Valor ao Funcionário”

“à estratégia do negócio”

O conceito de benefícios é orientado a

Benefícios econômicos

Benefícios tangíveis e intangíveis

Benefícios na medida

A tomada de decisões para inovar o plano

A empresa faz

É compartilhada (empresa – empregado)

Parte do empregado e os desafios da empresa

A política do benefício é

Tradicional

Políticas com flexibilidade (limitada)

Esquemas 100% flexíveis (individualizado)

A revisão e atualização do plano de benefícios é

Estática

Revisão ocasional

Revisão constante

A comparação (Benchmarking) com empresas é

Setor / Local

Amostra sob medida

Centros de “expertise”

A entrega do plano aos funcionários é

Presencial

Presencial / Digital

Digital

A comunicação do plano é

Ocasional e pouco personalizada

Ocasional e personalizada

Constante e autogerenciada

Carlos Andrés Rubio Maya

Próximo

Gestão Estratégica do Plano de Benefícios

Por Akío Murakami Quinta-feira, Maio 24, 2018