Sentimos muito mas seu browser não é suportado pela Marsh.com

Para uma melhor experiência, por favor faça o upgrade para um dos seguintes browsers:

X

Notícias & Informativos

Amamentação e Trabalho: um Equilíbrio Possível

A ótima alimentação adequada de um recém-nascido é considerada como uma prioridade no desenvolvimento saudável do mesmo. Isto é ainda mais relevante durante os primeiros dois anos de vida e, principalmente, destaca o valor do leite materno destaca-se como excelente fonte de nutrientes para o infante. Múltiplos estudos biológicos e epidemiológicos realizados por entidades como a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Fundo Internacional de Emergência das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), consideram que a amamentação é a intervenção sanitária que fornece o maior número de benefícios para a saúde do indivíduo, com o menor custo econômico. Estima-se que, se todas as crianças fossem amamentadas de modo ótimode maneira adequada, a cada ano poderíamos salvar a vida de mais de 800 mil crianças menores de 5 anos no mundo todo. Além disto, a amamentação repercute em uma melhoria do coeficiente intelectual da criança e está associada a melhores condições de renda na vida adulta.

A amamentação representa também grandes benefícios para a saúde da mãe, pois ela reduz as chancespossibilidades de desenvolver do desenvolvimento da diabete tipo 2, câncer de mama, câncer de ovário e câncer do colo uterino. Apesar do inegável valor que a amamentação representa para a criança e para a mãe, fatores como as longas jornadas de trabalho, a carência de infraestrutura no local de trabalho, a falta de apoio socioeconômico, dentre outros, influenciam significativamente na viabilidade e continuidade da amamentação.

Amamentação: uma prioridade internacional

A amamentação tem ésido reconhecida como uma prioridade para as organizações internacionais ligadas ao desenvolvimento. A Organização Internacional do Trabalho (OIT) estabelece no Artigo 3° de seu convênio N° 183 sobre a proteção da maternidade, a proibição dos trabalhos forçados ou que coloquem em risco a saúde de qualquer mulher durante o seu período de amamentação. Por outro lado, a OMS inclui em seu apêndice sobre a saúde das mulheres em período de amamentação, a importância prioritária de manter esta atividade dentro da reintegração no ambiente laboral, detalhando recomendações impostas às empresas que permitam o desenvolvimento com sucesso desta atividade dentro dos ambientes empresariais.

Muitas empresas ao redor do mundo reconhecem a importância deste processo através da introdução de estações de amamentação, áreas projetadas especificamente para o desenvolvimento desta atividade dentro de suas instalações. No entanto, é importante ressaltar que nos casos de empresas que não garantam a integração da amamentação dentro do ambiente de trabalho, a coleta do leite materno por meio de dispositivos de sucção para uma posterior alimentação da criança, é uma opção que garante a alimentação correta do bebê.

Dicas para uma garantir a continuidade da amamentação eficiente no ambiente laboral

· É necessário ter sempre disponível um extrator de leite – de preferência automático – e com dois recipientes para extrair o leite de ambos os peitos ao mesmo tempo.

· É recomendável ter recipientes esterilizados para guardar o leite e ter disponível uma geladeira para preservá-lo.

· É conveniente contar com um sutiã que facilite a extração e com protetores para os bicos.

· É ideal que o seu localugar de trabalho tenha uma área exclusiva e habilitada para realizar a extração do leite no escritório. Isto é imprescindível para facilitar e promover o processo de amamentação no ambiente de trabalho.